Prémio Fundação Peru

A Fundação, em parceria com a Mota-Engil Peru e com o apoio da Universidade de Piura e da Direção Regional de Educação de Piura, lançou no Peru a 1ª edição do Prémio “Fundação Manuel António da Mota”, procurando neste capítulo tirar partido da experiência e do exemplo que é representado pelo Prémio “Manuel António da Mota” que vai já na sua 6ª edição em Portugal.

O Prémio “Fundação Manuel António da Mota” visa promover a criatividade, inovação e as boas práticas educativas nas escolas da região peruana de Piura, sendo resultado de um protocolo celebrado a 14 de outubro de 2014 entre as entidades promotoras do Prémio e as instituições educativas peruanas suas apoiantes.

A região de Piura situa-se no norte do país estendendo-se por uma área de 35.892.5 km2 e com uma população de mais de 1.7 milhões de habitantes. Os seus mais de 2.400 centros educativos ministram os graus de ensino básico e secundário a cerca de 191.000 estudantes.

O Prémio, obedecendo a regulamento próprio, divide-se em duas categorias; a categoria Escola, visando reconhecer a trajetória e os sucessos alcançados em projetos de inovação destinados a melhorar o sucesso educativo, e a categoria Docente, procurando distinguir os professores que se tenham notabilizado na formação dos estudantes das escolas da região.
Na categoria Escola o prémio a atribuir destina-se a financiar o projeto apresentado pela instituição, sendo o prémio na categoria Docente destinado a suportar a atribuição de uma bolsa de estudo ao docente vencedor para participar num programa de pós-graduação numa universidade portuguesa.

O período de candidaturas conclui-se no mês de agosto, ficando a seleção das candidaturas vencedoras a cargo de um júri de seleção composto por elementos da Fundação, da Mota-Engil Peru e de personalidades peruanas com reconhecida experiência e conhecimento na área educativa.