Prevenção do abandono escolar

Com a democratização do acesso ao ensino superior, são cada vez mais os jovens provenientes de famílias com parcos rendimentos que frequentam as universidades e o ensino politécnico.

Muitos estudantes, independentemente do seu desempenho académico, correm o risco de abandono por razões económicas, revelando-se insuficientes os apoios proporcionados pela ação social escolar. Face a esta problemática, vários estabelecimentos de ensino superior criaram mecanismos de apoio aos estudantes nesta situação.

A Fundação, empenhada no combate ao abandono escolar no ensino superior, mantém com a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Universidade de Évora e Instituto Politécnico do Porto, protocolos de apoio aos estudantes, providenciando ajuda financeira que previna o abandono e promova a conclusão do ciclo de estudos.