Casa do Gaiato (Maputo)

A Obra da Rua foi instituída pelo Padre Américo Monteiro de Aguiar, que ficou conhecido por Padre Américo.

Ordenado Presbítero em 1929 o Padre Américo é encarregado em 1932 da Sopa dos Pobres em Coimbra. Em 1940 institui a Obra da Rua com a criação da primeira Casa do Gaiato em Miranda do Corvo.

As Casas do Gaiato, quatro em Portugal, duas em Angola e uma em Moçambique na cidade de Maputo, têm como missão apoiar rapazes em risco procurando proporcionar o seu desenvolvimento e a aquisição de aptidões pessoais e profissionais visando a sua plena autonomização enquanto futuros adultos.

A Casa do Gaiato do Maputo acolhe 156 rapazes em regime de internato apoiando ainda 52 outros jovens e ministrando a ambos os grupos ações de formação profissional.

Em 2013 a Fundação esteve ao lado desta causa e renovou o seu apoio em 2014, visando prover à continuidade e sustentabilidade deste meritório projeto a favor das crianças e jovens moçambicanos