2012 | Portugal Ativo

2012 – Distinção no Ano Europeu do Envelhecimento Ativo e Solidariedade entre Gerações

Instituições

Dirigido às entidades sem fins lucrativos, organismos públicos e autarquias locais, instituições do ensino secundário e superior, e entidades ligadas ao setor da saúde que promovam projetos nos domínios do emprego, participação na sociedade e promoção de uma vida independente.

Finalistas

• ALZHEIMER PORTUGAL
• ASSOCIAÇÃO CULTURAL E DE APOIO SOCIAL DE OLHÃO
• ASSOCIAÇÃO TEATRO CONSTRUÇÃO
• CÂMARA MUNICIPAL DE ÉVORA
• CENTRO SOCIAL VALADO DOS FRADES
• FUNDAÇÃO DE SERRALVES
• GUARDA NACIONAL REPUBLICANA
• PROSALIS – PROJETO DE SAÚDE EM LISBOA
• SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE BRAGANÇA
• UNIDADE DE INVESTIGAÇÃO E FORMAÇÃO SOBRE ADULTOS E IDOSOS (UNIFAI) – Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (Universidade do Porto)

Vencedora

A Alzheimer Portugal sagrou-se como vencedora.
Fundada em 1988 e membro da Alzheimer Europe, esta IPSS dedica-se à integração social e melhoria da qualidade de vida dos indivíduos com demência e dos seus cuidadores, assumindo-se como a única organização em Portugal especificamente dedicada a esta causa.

A instituição preenche uma importante lacuna, uma vez que em Portugal não existem soluções públicas ou economicamente acessíveis destinadas às pessoas com demência, numa altura em que dados epidemiológicos apontam para a existência de cerca de 153.000 pessoas com esta patologia.

O apoio aos cuidadores assume-se também como fundamental, na medida em que estudos sociológicos revelam níveis muito elevados de stress e depressão nestes elementos, que em 80% dos casos são familiares.

O seu programa “Envelhecimento Ativo nas Demências” visa combater o desconhecimento acerca da doença de Alzheimer e outras formas de demência, o estigma associado a esta patologia, o isolamento dos pacientes e dos seus cuidadores e a falta de formação adequada por parte de quem cuida.

Entre as atividades contempladas neste projeto contam-se a realização de ações de estimulação cognitiva para doentes de Alzheimer, a caminhada solidária “Passeio da Memória”, encontros “Alzheimer Café”, onde pessoas com demência, os seus familiares e cuidadores partilham experiências e obtêm informação e apoio, a dinamização do website da Alzheimer Portugal e a disponibilização de formação em formato blended learning e e-learning a familiares, técnicos ou ajudantes de ação direta.