FORMULÁRIO DE CANDIDATURA

2021 Portugal Resiste

NOTAS E RECOMENDAÇÕES
  1. Leia atentamente o Regulamento do Prémio antes de proceder ao preenchimento do Formulário de Candidatura.

  2. Responda a todas as perguntas com clareza e concisão procurando ainda evitar respostas redundantes às questões que são colocadas.

  3. O Formulário de Candidatura foi elaborado de modo a que a resposta a cada questão satisfaça uma necessidade de informação concreta e distinta em relação às demais questões permitindo assim a correta avaliação das candidaturas em condições de rigor e imparcialidade.

  4. Não responda às questões para as quais não disponha de informação ou em que tenha dúvidas sobre a sua correção e verificabilidade.

  5. O Formulário de Candidatura é o único documento de apreciação da 1ª fase de seleção e avaliação das candidaturas, não sendo admitida a junção de quaisquer outros documentos, a menos que expressamente solicitados pelo Comité de seleção.

  6. Utilize o espaço reservado a Observações/ Comentários/ Sugestões para dar a conhecer algum aspeto da candidatura que considere pertinente e que não se encontre patente em qualquer das questões do Formulário de Candidatura.

  7. Antes de preencher o Formulário de Candidatura e caso julgue necessário, esclareça todas as dúvidas junto do endereço de correio eletrónico referido no Regulamento do Prémio.

  8. Reveja cuidadosamente e imprima o Formulário de Candidatura antes de proceder ao seu envio.

O Prémio Manuel António da Mota tem como objetivo distinguir instituições, com sede em Portugal, que desenvolvam projetos em território nacional nos domínios específicos constantes do Regulamento.

O período para apresentação das candidaturas decorre durante o mês de junho, com data limite até ao dia 30 de junho.

Podem candidatar-se ao Prémio pessoas coletivas de direito privado sem fins lucrativos (instituições particulares de solidariedade social (IPSS), fundações, associações, cooperativas, organizações não governamentais (ONG), incluindo as da área do ambiente).
Podem ainda candidatar-se pessoas coletivas de direito público de âmbito nacional, regional ou local (autarquias, estabelecimentos de ensino básico, secundário ou superior, estruturas de saúde públicas, centros de estudo e de investigação) e outros organismos públicos com projetos enquadráveis no âmbito do presente Regulamento.

Todas as dúvidas relacionadas com a apresentação de candidaturas e demais aspetos atinentes à regulamentação do Prémio deverão ser submetidas através do endereço de correio eletrónico premiomam@fmam.pt

Uma instituição pode candidatar vários projetos desde que enquadráveis no âmbito do Regulamento do Prémio.

Uma instituição que se encontre a desenvolver um projeto em parceria, pode candidatar esse projeto desde que o mesmo se enquadre no âmbito do Regulamento do Prémio.

Podem candidatar-se projetos a realizar e projetos com atividades já realizadas.

A data prevista para a conclusão do projeto é independente da data da atribuição do Prémio. Podem existir atividades do projeto cuja conclusão seja posterior à atribuição do Prémio.

O orçamento das atividades constantes do projeto candidato é independente do valor do Prémio.

Pode candidatar-se ao Prémio um projeto que já foi alvo de outra candidatura.

A candidatura é efetuada através do preenchimento do Formulário de Candidatura, em formato digital, submetido através do local identificado no sítio de internet da Fundação Manuel António da Mota em www.fmam.pt.

Para apresentar a candidatura devem ser seguidos dois passos:

Passo 1: Registo prévio no site através da Criação de Conta
(ver tutorial de preenchimento do formulário)

Passo 2: Preenchimento do Formulário de Candidatura
(ver tutorial de preenchimento do formulário)

O Formulário de Candidatura deve ser preenchido em português não sendo aceites candidaturas preenchidas noutra língua.

Quando um projeto abrange vários domínios e subdomínios a instituição não tem que obrigatoriamente apresentar uma candidatura por domínio, a não ser que considere mais adequada a apresentação de candidaturas distintas.

O formulário online é o único suporte aceite para recolha de informação de candidatura, não sendo possível anexar quaisquer documentos ou imagens.

Para obter uma cópia da candidatura deve escolher a opção IMPRIMIR antes de a submeter.

Não é necessária a assinatura digital na submissão da candidatura.

Depois de submetida uma candidatura não é possível o seu acesso para alteração da informação. Pode, no entanto, submeter nova candidatura, comunicando para o endereço premiomam@fmam.pt que anula a anterior.

Após a submissão da candidatura receberá a mensagem “O seu Formulário de Candidatura foi submetido com sucesso!”.

Para submeter mais do que uma candidatura por instituição, não é necessário criar novo registo. No entanto, só é possível o preenchimento de nova candidatura quando terminada a anterior.

Os projetos candidatos ao Prémio são objeto de avaliação de acordo com os critérios previstos no nº 5 do Regulamento (Relevância, Gravidade, Cobertura, Impacto, Sustentabilidade, Escalabilidade, Institucionalização, Capacidade, Experiência e Gestão).

O processo de seleção e avaliação das candidaturas compreende duas fases:

1ª Fase – Comité de seleção:
O Comité de seleção, composto por um representante da Fundação Manuel António da Mota e um representante da TSF – Rádio Notícias, procede à análise de todas as candidaturas recebidas e escolhe as 10 (dez) candidaturas que passarão à 2ª Fase.

2ª Fase – Júri de seleção:
O Júri de seleção, composto por personalidades de reconhecido mérito e comprovada experiência no âmbito dos objetivos do Prémio, seleciona a candidatura vencedora e o segundo e terceiro classificados de entre as 10 (dez) candidaturas admitidas à 2ª Fase.
Para além da análise do formulário de candidatura e da avaliação das 10 (dez) candidaturas finalistas, o processo de escolha envolve a apreciação in loco dos projetos concorrentes e a apresentação dos projetos aos membros do Júri em moldes a definir.

A decisão sobre as candidaturas selecionadas para a 2ª Fase é comunicada a todas as instituições concorrentes através do endereço de correio eletrónico por elas indicado no Formulário de Candidatura. Serão ainda divulgadas no site www.fmam.pt as 10 candidaturas finalistas.

A candidatura vencedora receberá um prémio pecuniário no valor de 50.000€. O segundo e terceiro classificados receberão um prémio pecuniário de 25.000€ e de 10.000€ respetivamente.
As restantes 7 candidaturas (menções honrosas) receberão um prémio pecuniário no valor de 5.000€ cada.

A divulgação e entrega do Prémio à candidatura vencedora, e restantes candidaturas premiadas, será realizada numa sessão pública de entrega de prémios que terá lugar no Centro de Congressos da Alfândega na cidade do Porto, em data a anunciar, a partir das 14h30 e cujo programa será oportunamente divulgado.

Não encontrou respostas às suas questões? Pode enviar um email para premiomam@fmam.pt
Antes de prosseguir para o preenchimento do formulário de candidatura, é necessário que leia e aceite os termos do Regulamento.
Regulamento – Nota introdutória

Em 2019 completaram-se 10 anos sobre o lançamento do Prémio Manuel António da Mota.

Desde o seu início, a Fundação Manuel António da Mota, sua promotora, procurou centrar a sua atenção nas grandes questões com que se debate a sociedade portuguesa contemporânea.

A pensar nos portugueses e nos seus problemas, premiamos projetos e debatemos temas da mais variada ordem, que consideramos de grande importância para a comunidade nacional, em nome de uma sociedade mais justa, coesa e solidária, num desígnio a que a Fundação tem permanecido fiel em toda a sua trajetória de intervenção.

Temas como a luta contra a pobreza e exclusão social, a diminuição das desigualdades, o emprego e a qualificação de jovens e adultos, a educação, a promoção do diálogo intergeracional, a defesa e preservação da família e dos seus valores, a promoção do voluntariado e da cidadania ativa, e os grandes desafios e metas do desenvolvimento sustentável, a todos foi conferido o devido realce ao longo das várias edições do Prémio.